Associação de Diretores Rio comenta sobre benefícios e desafios do retorno às aulas presenciais

Com o país avançando na vacinação, as salas de aula das redes municipal e estadual do Rio de Janeiro foram reabertas, com o retorno das aulas presenciais acontecendo em praticamente todas as escolas no estado, enquanto algumas ainda passam por adaptações para atender os protocolos de segurança contra a Covid-19.

O retorno, apontam especialistas, é importante para reduzir dificuldades na educação, mas requer cuidados em meio a pandemia.

Para entender mais sobre os benefícios e desafios desse retorno das crianças às salas de aula, o Melodia News ouviu a ADERJ (Associação dos Diretores de Escolas Públicas do Estado do Rio de Janeiro).

Confira a conversa:

Qual é a importância do convívio em sala de aula para as crianças?

ADERJ:
A sala de aula estreita laços, ajuda a formar o caráter do indivíduo, alimenta debates fazendo com que conheçam opiniões diferentes, socializam.

Apesar das soluções encontradas por muitos professores, nós não conseguimos passar com muito sucesso pelo período de ensino remoto. É preciso uma abordagem diferente nesse retorno, principalmente no sentido do reforço escolar?

O remoto precisa ter horário específico, ferramental apropriado, e, mais que isso, hábito de estudo individual, o que não é característica dos brasileiros.

Os protocolos de segurança podem ser seguidos pelas crianças com facilidade? Ou podem acabar sendo uma distração?

Qualquer um pode cometer erros, não só as crianças, inúmeras pessoas que se orgulham de seguir o protocolo foram contaminadas, basta um descuido.

O retorno seguro às aulas vai exigir um esforço não só de professores e alunos, mas de toda a comunidade escolar, certo?

Não há retorno seguro, ninguém pode garantir 100% de segurança em lugar nenhum, até porque não depende unicamente de ter o material devido, precisa seguir também o protocolo. Todos precisam comungar do mesmo ideal. As escolas precisam de recursos financeiros e humanos.