Brasil é bicampeão olímpico de futebol masculino O Brasil conquistou o bicampeonato olímpico de futebol masculino, ao vencer a Espanha neste sábado (07) por 2 a 1, na prorrogação. O país igualou em Tóquio o recorde de medalhas de ouro em uma única participação dos Jogos Olímpicos. A um dia para o fim das Olimpíadas, o Brasil chegou ao sétimo ouro no Japão, equiparando com a marca da Rio 2016.

Brasileiros e espanhóis fizeram um jogo equilibrado no tempo regulamentar. A seleção brasileira abriu o placar nos acréscimos do primeiro tempo, com Matheus Cunha. A Espanha chegou ao empate aos 14 minutos do segundo tempo.

Mas o jogo mudou quando Malcom entrou em campo, no início da prorrogação, e o Brasil passou a dominar a partida. O atacante colocou o Brasil de volta à frente do placar aos 2 minutos do segundo tempo da prorrogação pra garantir o título.

Melhor campanha

O Brasil já garantiu a melhor campanha da história. Com sete ouros, quatro pratas e oito bronzes, o país vai somar no mínimo duas pratas no domingo. No Rio, a delegação verde-amarela conquistou sete ouros, seis pratas e seis bronzes.

O recorde pode crescer com duas chances de ouro. O Brasil está na final do vôlei feminino contra os Estados Unidos, à 1h30 (de Brasília). No boxe, Beatriz Ferreira está na decisão da categoria até 60kg com a irlandesa Kellie Anne Harrington, às 2h. No último dia dos Jogos, o Brasil também três representantes na maratona.