Brasil é ouro na vela e bronze no boxe e nos 400 metros com barreiras O Time Brasil conquistou mais medalhas nesta terça-feira (03) em Tóquio. A dupla brasileira Martine Grael e Kahena Kunze conquistou o bicampeonato olímpico da classe 49er FX da vela no início da madrugada de hoje (horário de Brasília) e manhã na capital japonesa, na Marina de Enoshima. A confirmação do ouro, com 76 pontos perdidos, veio com a terceira colocação na regata da medalha.

A dupla da Alemanha Tina Lutz e Susann Beucke fechou a prova desta terça na quinta colocação, e ficou com a medalha de prata, com 83 pontos perdidos. As holandesas Annemiek Bekkering e Annette Duetz foram a nona melhor dupla na regata decisiva e fecharam o pódio, conquistando o bronze com 88 pontos perdidos.

Atletismo

O brasileiro Alison dos Santos conquistou a medalha de bronze na prova dos 400 metros com barreiras na noite desta segunda-feira (pelo horário de Brasilia) manhã de terça em Tóquio, no Estádio Olímpico.

Essa foi a primeira medalha do atletismo do Brasil na atual edição dos Jogos Olímpicos. O paulista de 21 anos cravou o tempo incrível de 46s72, quebrando o recorde sul-americano e baixando pela primeira vez a marca de 47 segundos.


O ouro ficou com o norueguês Karsten Warholm, que quebrou o recorde mundial fechando a prova, pela primeira na história, em menos de 46 segundos (45s94). O norte-americano Rai Benjamin ficou com a prata com a marca de 46s17.

Boxe

O paulista Abner Teixeira ficou com a medalha de bronze na disputa do peso pesado (até 91kg). Ele foi até as semifinais, mas esbarrou no cubano Julio La Cruz, medalha de ouro no peso meio-pesado (até 81kg) na Rio 2016 e tetracampeão mundial amador. La Cruz venceu por decisão dividida (4-1) e segue à final, e o brasileiro termina com o bronze, já que não há disputa de terceiro lugar no boxe.


(Foto: Jonne Roriz/COB/Reprodução Instagram)

Siga-nos