Futebol feminino: Brasil é eliminado pelo Canadá O Brasil perdeu para o Canadá por 4 a 3 nos pênaltis depois de empate em 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação e foi eliminado hoje (30) nas quartas de final do futebol feminino nas Olimpíadas de Tóquio. Bárbara até defendeu a batida de Sinclair, mas Rafaelle errou a decisiva, em Miyagi.

Marta, Debinha e Érika acertaram pênaltis para o Brasil, mas Andressa Alves e Rafaella também pararam na goleira Stephanie Labbe.

A semifinal será na segunda-feira (2), às 8h (horário de Brasília), no Estádio Internacional de Yokohama. Holanda e Estados Unidos definem mais tarde o adversário do Canadá deste lado da chave. É a segunda vez na história em que o Brasil não entra na disputa uma medalha desde a chegada do futebol feminino às Olimpíadas há seis edições. A primeira foi em Londres-2012. .

Algoz
No Rio 2016, a seleção do Canadá venceu o Brasil por 2 a 1 na disputa pelo terceiro lugar e ficou com a medalha de bronze. Na ocasião, Alemanha ficou com o ouro e a Suécia, que havia eliminado o Brasil na semifinal, ficou com a prata.

Além da briga pela vaga na semifinal dos Jogos de Tóquio 2020, a partida reuniu duas das três maiores artilheiras em Olimpíadas — Marta (13 gols) e Sinclair (12) — na briga para se tornarem recordistas. A maior artilheira olímpica é a brasileira Cristiane, com 14 gols, que não foi convocada para os Jogos de Tóquio.


(Foto: Sam Robles/CBF/Reprodução Twitter)