Cristã, Rebeca Andrade cita música

Rebeca Andrade carrega consigo algo mais reluzente que sua medalha de prata, conquistada nesta quinta-feira (18) nos Jogos de Tóquio. A ginasta traz o brilho de Jesus, conforme ela mesma legendou em sua foto no pódio olímpico, publicada em seu Instagram.

“Vão olhar e ver Jesus brilhando em você!”, disse a atleta citando a música “Sabor de Mel”, interpretada por Damares, e deixando sua gratidão a Deus, ao treinador, equipe, família, amigos, clube e fãs. “Nossa medalha veio”, concluiu.

Rebeca é membro da Igreja Tenda do Avivamento, em Guarulhos/SP, pastoreada pelo pastor Ozeias Benones, que fez questão de postar fotos antigas com a ovelha que entrou para a história do Brasil nas Olimpíadas. Em uma das publicações, ele aparece batizando Rebeca.

“Vamos continuar orando, Rebeca Andrade. Nós amamos vocês”, escreveu o pastor.

“Parabéns, Rebeca! Sabemos o tanto que você se esforçou e lutou pra chegar nesse pódio.

Todos orgulhosos de você. Sucesso! Mostrou ao mundo a que veio”, escreveu em outra foto.

Quase desistiu

Tantos treinos, saltos, quedas e competições de alto nível colocaram à prova o corpo da ginasta de 1,54 metro de altura. Aos 22 anos, Rebeca já passou por três cirurgias nos joelhos. Na primeira, em 215, por pouco ela não desistiu de competir. E na terceira, em junho de 2019, Rebeca pensou que não chegaria a Tóquio. Mas aí veio a pandemia e ela ganhou mais tempo para se recuperar.

"Meu caminho foi cheio de pedras, mas sempre tive pessoas importantes que me ajudaram a passar por cima ou até mesmo chutar cada uma delas e essa é uma sensação incrível", declarou recentemente.

Mais chances

Aos 22 anos, Rebeca já fez história no esporte brasileiro. Ela é a primeira ginasta a entrar em um pódio olímpico. Para completar, a jovem de Guarulhos ainda pode igualar outra marca, como recordista de medalhas do Time Brasil em uma única edição dos Jogos. Se ficar entre as melhores nas duas finais que restam, ela iguala o feito de Isaquias Queiroz, da canoagem.

Rebeca está nas finais do salto e do solo, que estão marcadas para as 5h45 (de Brasília) do próximo domingo.