Cristolândia: há 10 anos resgatando pessoas das drogas

Problema crescente nas cidades brasileiras, as cracolândias, regiões com venda e consumo livres de crack, são desafios para os governantes de todo o país. O recente relatório do Observatório do Crack, monitoramento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), indica que 96% dos municípios brasileiros têm problemas relacionados ao consumo da droga. Estados como São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro ultrapassam 95% de municípios com problemas relacionados ao crack. Dados alarmantes como estes, que já chamam atenção há anos, serviram como base para Missões Nacionais, agência missionária da Convenção Batista Brasileira, declarar o desejo de transformar as cracolândias do Brasil em Cristolândias, lugares de esperança para uma nova vida. Em 2008, ao se perder pelo centro de São Paulo, onde existe a maior cracolândia do território brasileiro, o pastor Fernando Brandão — no início da gestão como diretor executivo de Missões Nacionais — se deparou com aquele quadro caótico de vidas destruídas e, profundamente incomodado, decidiu mobilizar as igrejas batistas do Brasil, se propondo a realizar um trabalho biopsicossocial e espiritual com base no Evangelho de Jesus Cristo. “A Cristolândia não foi planejada por mim ou por qualquer outro missionário, mas foi um único e exclusivo plano de Deus. Ele fez as coisas acontecerem e nós simplesmente nos colocamos disponíveis nas suas mãos”, conta pastor Fernando Brandão ao refletir sobre os dez anos do trabalho. Assim, em julho de 2009, esse ministério iniciou as atividades na cracolândia de São Paulo com serviços de: abordagem pessoal; oferta de alimentação e corte de cabelo aos que estavam nas ruas, acompanhados por uma palavra de esperança e fé, além de encaminhamento dos interessados a comunidades terapêuticas. Em menos de um ano, em março de 2010, também em São Paulo, foi inaugurada a primeira unidade da Missão Batista Cristolândia, ampliando os serviços prestados para distribuição de café da manhã, banhos e cultos cristãos. Em novembro, no mesmo Estado, foi criado o primeiro Centro de Formação Cristã, que deu início ao tratamento terapêutico sempre fundamentado sob valores bíblicos. De lá para cá, muito aconteceu. Avançando na expansão por todo o país, atualmente a Cristolândia conta com 42 unidades em nove Estados, além do Distrito Federal. Assim, milhares de pessoas hoje, podem declarar que, de fato, Jesus Transforma e este é o verdadeiro motivo para celebrar dez anos de muitas vitórias. Hoje, a Cristolândia conta com cerca de 750 pessoas abrigadas. Atende diariamente em torno de 500 pessoas nas capitais onde está instalada e todos os serviços são gratuitos. Nestes atendimentos são oferecidos banho, café da manhã, almoço, troca de roupa e cortes de cabelo. O projeto é sustentado por ofertas e doações e conta com o trabalho de missionários e voluntários. Dois grandes eventos por este marco aconteceram no último fim de semana, em São Paulo, onde tudo começou, e um outro acontecerá no Rio de Janeiro, na Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro, localizada na Rua Frei Caneca, 525 - Estácio, Rio de Janeiro. A programação está marcada para o dia 5 de outubro, a partir das 18h. *Missões Nacionais