Primeiro ouro olímpico da história do surfe é do Brasil

O brasileiro Ítalo Ferreira, atual detentor do título mundial de surfe, é também o primeiro campeão olímpico da história da modalidade. O atleta de 27 anos, natural de Baía Formosa (RN), conquistou a medalha de ouro nos Jogos de Tóquio.

Ítalo venceu o japonês Kanoa Igarashi com 15.14 contra 6.60 do adversário que terminou com a medalha de prata. Gabriel Medina perdeu a medalha de bronze para Owen Wright.

Após o pódio, atleta manifestou a sua fé em Deus.

"Eu vim com uma frase pro Japão: diz amém que o ouro vem", confessou. "Essa frase está do lado da minha cama, todo dia orei às 3h da manhã, pedi a Deus que realizasse esse sonho e tá aí, meu nome na história do surfe", comemorou.

A vontade era tanta que, logo na primeira onda, a prancha quebrou. Foram pouco mais de dois minutos até que Italo Ferreira nadasse à areia para recomeçar. O atleta se recuperou rapidamente e, no mar revolto de Tsurigasaki, enfileirou manobras que garantiram seu nome na história dos surfe e das Olimpíadas.

Ao lado de Gabriel Medina, Ítalo Ferreira é um dos principais nomes do Brasil no surfe. Atual campeão mundial da WSL (Liga Mundial de Surfe), o potiguar marca o seu nome na história do esporte ao ser o primeiro medalhista de ouro da modalidade nos Jogos Olímpicos.

COMEMORAÇÃO

De dentro do ônibus, a caminho para o treino, os jogadores da Seleção masculina de futebol assistiram pelo celular à conquista da medalha de ouro pelo surfista brasileiro Italo Ferreira e foram à loucura.

Em vídeo divulgado pelo atacante Richarlison, Daniel Alves, Matheus Cunha, Douglas Luiz e outros jogadores aparecem vibrando muito com a conquista de Ítalo Ferreira e batendo nas janelas do veículo para celebrar.

Líder do grupo D do futebol masculino, a Seleção entra em campo nesta quarta-feira, às 5h (de Brasília), contra a Arábia Saudita.



 



(Foto: Reprodução/Comitê Olímpico Brasileiro)