Skatista Rayssa Leal, de apenas 13 anos, conquista prata para o Brasil Um dia após à medalha de prata de Kelvin Hoefler, Rayssa Leal, de apenas 13 anos, conquistou mais uma prata nesta segunda-feira (26) no Ariake Urban Sports Park, em Tóquio.

Com total de 14,64 em suas quatro melhores notas, a Fadinha, como é conhecida a mais jovem atleta da delegação brasileira, foi superada apenas pela japonesa Momiji Nishiya, que teve 15,26 e ficou com o ouro. Funa Nakayama, também do Japão, completou o pódio.

Rayssa fez história na estreia do skate nos Jogos Olímpicos como a mais jovem atleta em uma edição dos Jogos e, consequentemente, a mais jovem a conquistar uma medalha.

A menina superou veteranas que tem como referências, entre elas as compatriotas Pâmela e Letícia.

As disputas no skate olímpico agora dão uma pausa e voltam só em 4 e 5 de agosto com a modalidade park, em um circuito com bowls que imitam uma piscina vazia. No feminino, Dora Varella, Isadora Pacheco e Yndiara Asp estão na disputa. Entre os homens, Luiz Francisco, Pedro Barros e Pedro Quintas brigarão por medalhas para o Brasil.


(Foto: Comitê Olímpico Brasileiro)