Pais se revoltam contra livro gay do Mc Lanche Feliz A rede de fast food Mc Donalds sabe há anos como atrair crianças como grupo-alvo. No Lanche Feliz há sempre um presente para os mais pequenos, principalmente brinquedos. Mas desde fevereiro também existem livros infantis. No entanto, o conteúdo lançado desagradou a muitos pais.

Até agora, muitos pais eram da opinião de que comer muito McDonalds ou fast food geralmente não é saudável. O fato de que “muito” disso o deixa gordo e doente é algo que não apenas os comitês de posição têm sido capazes de defender há anos. Agora, no entanto, o grupo aparentemente também está iniciando uma campanha de reeducação na qual as crianças são doutrinadas desde cedo, de acordo com a agenda gay.

O livro infantil “Raffi und seine pinkes Tutu” agora disponível como suplemento do Lanche Feliz. Segundo o autor Riccardo Simonetti, nomeado este ano embaixador especial LGBT * pelo Parlamento Europeu, o livro pretende promover a tolerância e mostrar que "ser diferente" também é normal. 

De acordo com o índice, o personagem Raffi gosta de jogar futebol, mas também de brincar com sua boneca favorita e seu tutu rosa. O livro também apresenta famílias com dois pais gays. 

A obra é sugerida para leitura em voz alta para crianças a partir dos 4 anos, e para lerem sozinhas a partir dos 7 anos. Muitos pais se perguntam por que os filhos têm de ser confrontados tão descaradamente com a propaganda gay e a sexualização precoce em todos os lugares e em todos os momentos.



*Imagem: Background Pixabay e digitallização

Siga-nos