Bolsonaro vai ao Hospital das Forças Armadas para investigar causa de soluços frequentes O presidente Jair Bolsonaro deu entrada na madrugada desta quarta-feira (14) no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília. Segundo fontes do Palácio do Planalto, Bolsonaro sentiu dores abdominais durante à noite e realiza exames nesta manhã.

Ele passa bem e foi encaminhado ao hospital após orientação de sua equipe médica. Segundo nota da secretaria especial de Comunicação Social da Presidência da República, o presidente deverá ficar em observação de 24 a 48 horas – não necessariamente no hospital. 

Com ida de Bolsonaro ao HFA, a reunião entre os presidentes dos poderes Judiciário, Executivo e Legislativo que aconteceria nesta quarta foi cancelada. O encontro deve ser reagendado.

Bolsonaro vem sofrendo com crises de soluços nos últimos dias. Segundo fontes, o presidente passa bem e está animado. Também é avaliada a possibilidade da realização de uma cirurgia nos próximos meses para retirada de uma hérnia na região abdominal. 

A nota da secretaria especial de Comunicação Social da Presidência da República informa ainda que os exames são "para investigar a causa dos soluços". "Por orientação médica, o presidente ficará sob observação, no período de 24 a 48 horas, não necessariamente no hospital. Ele está animado e passa bem", diz a nota.