Jogador do Corinthians é morto na saída de boate O jogador de futsal do Corinthians Douglas Nunes da Silva, de 27 anos, morreu na madrugada deste domingo (11), na cidade de Erechim, no Rio Grande do Sul. Segundo a Polícia Civil, ele foi baleado após uma discussão em uma casa noturna. O pivô também teve várias passagens pela seleção brasileira de futsal.

O crime aconteceu na Avenida Sete de Setembro, na região central da cidade. O jogador teria se envolvido em uma discussão dentro da boate e foi assassinado pouco tempo depois, quando já estava na rua. O autor dos disparos fugiu. Douglas chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.

Pelo Twitter, o Corinthians lamentou a morte do atleta. “Força aos familiares e amigos nesse momento tão difícil”, diz o texto.

O time de futsal do Corinthians foi à Erechim para disputar a semifinal da Taça Brasil, no sábado (10). A equipe paulista perdeu para o Atlântico por 5 a 3 e foi eliminada do torneio.

Por conta da morte do jogador, a CBFS adiou a final da competição entre Atlântico e Carlos Barbosa. O jogo foi remarcado para terça-feira (13) às 19h.