Prefeitura do Rio investiga suspeita de uso de doses com prazo de validade vencido

A Prefeitura do Rio anunciou, nesta sexta-feira (02), que investiga casos suspeitos de aplicação de doses da vacina AstraZeneca vencidas. Em comunicado oficial, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) afirmou que recebeu do Ministério da Saúde todos os lotes aplicados dentro do prazo de validade. 

Nas redes sociais, o secretário de Saúde, Daniel Soranz, disse a possibilidade está sendo analisada pela pasta. "Está sendo verificado se, de fato, houve alguma aplicação de doses após o vencimento. Caso isso tenha acontecido, a unidade entrará em contato com os usuários para realizar a 'revacinação'. Os casos suspeitos de vacinação em investigação podem ser consultados", garantiu.

Veja o comunicado oficial:



A Secretaria Municipal de Saúde recebeu todos os lotes de vacinas do Ministério da Saúde dentro do prazo de validade e os distribuiu imediatamente para as unidades de saúde.

Está sendo verificado se, de fato, houve alguma aplicação de doses após o vencimento. Caso isso tenha acontecido, a unidade entrará em contato com os usuários para realizar a revacinação.

Os casos suspeitos de vacinação fora da validade, com data da aplicação da vacina, data de nascimento e primeiros dígitos do CPF das pessoas vacinadas, PODEM SER CONSULTADOS CLICANDO AQUI

Quem estiver na relação pode aguardar o contato da equipe de saúde ou, se preferir, procurar a unidade em que se vacinou na segunda-feira (05/07), a partir das 11h, para verificar se houve um erro no registro, que será feito o ajuste. Em caso de constatação de que recebeu de fato dose vencida, será realizada a revacinação.