Cantor Jotta A aparece vestido de mulher e comemora Dia do Orgulho Gay O Dia do Orgulho LGBTQIA+, lembrado no dia 28 de junho, foi comemorado pelo cantor Jotta A, que até o ano passado era conhecido pelos sucessos na música gospel.

“Não posso deixar de compartilhar o orgulho em poder comemorar meu primeiro “28 de junho” fora do armário, eu não tinha ideia do peso de carregar essa representatividade até ouvir/ler de vcs mesmos histórias de que foram incentivados a viver essa liberdade que estou vivendo. Tenho muito a aprender, estou me esforçando pra conhecer mais sobre o universo que adentrei, meu respeito a todos e todas que abriram o cosmo, em especial às mulheres trans, travestis, drag queens, por mim e por vcs tenho trabalhado muito... EM BREVE vcs me conhecerão!!”, escreveu desta forma em seu Instagram.

José Antônio Viana de Hollanda, de 23 anos, apareceu nas redes sociais vestido de mulher para celebrar a data. Natural de Guajará-Mirim, em Rondônia, atualmente ele mora na Argentina.

Foi exatamente no Dia do Orgulho Gay de 2020 que Jotta A revelou ser bissexual.

Logo após a publicação da última segunda-feira, Jotta A apagou todas as fotos e vídeos da sua conta oficial no Instagram, inclusive sua foto de perfil. O motivo não foi revelado pelo cantor. Seguidores especulam novas revelações, possivelmente na área amorosa.

Satanismo

Em 2020, logo após “sair do armário”, Jotta A apareceu em uma página do Instagram totalmente contrária à fé cristã. Uma conta chamada Kobra Okkultismus, que fala sobre ocultismo e adoração a satanás, teve dois posts curtidos pelo cantor.

Os posts curtidos pelo ex-cantor gospel se referem a uma imagem da morte com a legenda “vida pagã” e outro com imagem da divindade Baphomet com a legenda “O divino em nós, o animal Baphomet”, ambos em alemão.