Policiais pedem proteção a Deus em oração momentos antes de mais um dia de buscas a Lázaro

Agentes que participam da força-tarefa montada para prender Lázaro Barbosa Sousa, de 32 anos, fizeram uma oração antes de mais um dia de buscas pelo suspeito das mortes de quatro pessoas de uma mesma família em Ceilândia, no Distrito Federal. O vídeo postado no perfil da Polícia Militar de Goiás no Instagram mostra os policiais num círculo de clamor a Deus.

Nas imagens, um deles faz agradecimentos e fala: "Por essa missão especial, que Tu nos confiaste, de estarmos aqui numa luta do bem contra o mal, onde nós temos certeza, Senhor, que o bem sempre vai vencer". Em outro trecho, ele pede que os policiais sejam "empoderados" e cita um juramento para proteger a sociedade "mesmo com o sacrifício da própria vida".

"Ilumina, Senhor, os nossos passos. Ilumina cada policial militar, cada policial que está aqui imbuído dessa missão, Senhor, de capturar esse indivíduo, esse inimigo da sociedade, esse inimigo do bem, Senhor. (...) Dai-nos a graça, Senhor, de capturá-lo, de acabar com o sofrimento dessa sociedade. Que nós possamos trazer, Senhor, a paz de volta. Que a paz possa reinar, Senhor. Protege cada policial militar, cada policial, Senhor, com Tua mão protetora. Que o mal não se aproxime de nós, Senhor. Que o mal não venha, Senhor, nos vencer. Que o mal sucumba, Senhor, diante de nós", diz o agente.

Ele pede ainda que "tudo aquilo que está oculto" seja revelado: "Que o Senhor possa nos mostrar onde esse indivíduo se encontra para que nós possamos encontrá-lo". O agente pede proteção para que o alto comando seja iluminado e para que possa tomar as decisões corretas. O grupo encerra orando o "Pai Nosso".

A caçada a Lázaro entrou hoje no 16º dia. As equipes permanecem numa região de mata em Cocalzinho de Goiás. Duzentos e setenta policiais participam das buscas, que contam com helicópteros, drones, cães farejadores e cavalaria.