Aulas presenciais são ampliadas no município do Rio A partir desta terça-feira (22), mais 20 escolas municipais retomam o ensino presencial. A Secretaria Municipal de Educação informou que estas unidades escolares receberam as adequações necessárias para o cumprimento dos protocolos sanitários para o enfrentamento da Covid-19. Com essa medida, já serão 1.502 unidades municipais e mais de oito mil alunos com aulas aplicadas diretamente pelos professores, o que beneficiar estudantes de toda a rede, desde o berçário até o Ensino de Jovens e Adultos (EJA), incluindo as classes especiais.

Nesta nova etapa da retomada, 97% da rede municipal de ensino estarão funcionando com atividades presenciais. O ensino presencial é opcional, ficando a decisão de comparecer a cargo de alunos, pais e responsáveis. Quem preferir, pode continuar no modo remoto de estudo em suas diversas possibilidades.

É considerada apta ao retorno das aulas presenciais a unidade escolar que estiver adequada aos itens do checklist sobre insumos e instalações, que estabelece pontos diversos como instalações de dispensadores de álcool 70º em gel no prédio ou funcionário aplicando álcool 70º na mão dos alunos, além de bebedouros adaptados com torneira para enchimento de copos e garrafas. Recentemente, as unidades escolares municipais receberam R$ 18,1 milhões em verba para fazer ajustes e pequenos reparos.

Retorno é facultativo
O aluno que optar em não ir à escola seguirá estudando por meio do ensino remoto. Desde o início do ano letivo, no dia 8 de fevreiro, os estudantes da rede municipal podem conferir as videoaulas elaboradas e apresentadas por professores da rede municipal. O Rioeduca na TV vai ao ar pelo sinal aberto da TV Escola (canal 2.3) e também pela TV fechada: NET/Claro (canal 15), Claro TV (canal 8), Oi TV (canal 25), Sky (canal 21) e Vivo (canal 7). As videoaulas do Rioeduca na TV também ficam disponíveis no canal da MultiRio no Youtube. Além disso, no Portal MultiRio, uma área especial reúne informações sobre o Rioeduca na TV, como a programação, e conteúdos relacionados.

Dados de internet para os alunos
A SME disponibiliza ainda o aplicativo Rioeduca em casa, que pode ser baixado nos smartphones dos estudantes e responsáveis, disponível para IOS e Android. O acesso é gratuito, porque a Prefeitura está pagando pelos dados de internet para os alunos. Estudantes que não têm equipamentos para acessar a internet ou morem em áreas sem cobertura, recebem material didático extra impresso e, frequentemente, vão às escolas deixar as atividades didáticas. Em caso de dúvida, ela será esclarecida na próxima vez em que o aluno for à escola.

Confira a lista das 20 escolas que retornam ao ensino presencial

EM Epitácio Pessoa – Andaraí
CM Winnie Mandela – Morro do Andaraí
EM Leonidas Sobrinho Porto – Bangu
EM Henrique de Magalhães – Bangu
EM Marieta da Cunha da Silva – Bangu
CM Nova Aliança – Bangu
CM Vila Kennedy – Bangu
EDI República Árabe Unida – Bangu
EM Maria Montessori – Campo Grande
EM Professor Fábio César Pacífico – Campo Grande
EM Roma – Copacabana
EM Presidente Antônio Carlos – Cosmos
EM Jornalista Orlando Dantas – Ilha do Governador
EM Sebastião de Lacerda – Irajá
EM Senador Corrêa – Laranjeiras
EM Benedito Ottoni – Maracanã
EDI Barbara Ottoni – Maracanã
EDI Sargento Jorge Faleiro Souza – Olaria
EM Ministro Afrânio Costa – Penha Circular
EM Presidente Roosevelt – Realengo