EUA aceitam indicação de Eduardo Bolsonaro à embaixada em Washington O governo do Brasil foi informado, nesta quinta-feira (8), que os Estados Unidos deram aval para a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como embaixador em Washington.

O pedido de agrément — como é chamada a consulta feita pelo Itamaraty — foi enviado no final de julho ao Departamento de Estado americano, que deu um retornou positivo governo brasileiro.

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, foi informado do aval americano e agora o presidente da República, Jair Bolsonaro, deve fazer a indicação formal do 03, como costuma se referir ao filho Eduardo, para o posto.

O nome de Eduardo ainda precisará ser submetido à aprovação do Senado Federal.
O parlamentar será sabatinado na comissão de Relações Exteriores e depois precisará ter a maioria dos 81 votos dos senadores no plenário.