Nickelodeon perde dois terços de audiência enquanto inclui agenda LGBT em sua programação infantil

De acordo com um novo relatório, a emissora de TV Nickelodeon vem enfrentando uma queda “dramática” nos níveis de audiência, ao mesmo tempo que continua a avançar em uma política de inclusão da agenda LGBT nas suas programações infantis. Recentemente, a empresa anunciou que uma atriz mirim transgênero vai fazer parte do elenco de um dos seus programas.

“Desde julho de 2017, a audiência da Nickelodeon [nos Estados Unidos] caiu de 1,3 milhão de espectadores por semana para uma média de 372 mil em junho de 2021. Em apenas quatro anos, a audiência caiu mais de dois terços” – observou o site especializado ‘Pirates and Princesses’.

Segundo o site, a companhia também está tendo dificuldade para angariar assinantes ao serviço de streaming ‘Paramount+’, da ViacomCBS, apostando no resgate de atrações antigas. Para o ‘Pirates and Princesses’, no entanto, os executivos “não aprenderam nenhuma lição e estão trazendo de volta os programas com os mesmos princípios que resultaram na grande perda de audiência da Nickelodeon”, se referindo à promoção da agenda LGBT no lançamento de novas versões ou remakes.

Uma das animações infantis já trazia uma personagem lésbica, enquanto outra mostrava um casal do mesmo sexo. Mais recentemente, a empresa anunciou que terá uma atriz mirim transgênero estrelando como convidada um de seus shows, sendo a primeira vez que isso acontece em um programa live action – com atores reais.

Para Paul DeBenedittis, vice-presidente executivo de programação e estratégia de conteúdo da Nickelodeon, a incorporação é consistente “com a missão da Nickelodeon em ser um lar para todas as crianças e autenticamente representar todas elas em sua completa diversidade”. No início do mês, a empresa compartilhou nas redes sociais que estava “orgulhosa de celebrar o mês do orgulho LGBT+ [junho] com a comunidade e todos os seus aliados”.