Brasil terá 7 milhões de doses de vacina da Pfizer antecipados O Brasil receberá 15 milhões de doses da vacina da Pfizer/BioNTech contra a covid-19 em julho. Segundo o Ministério da Saúde, esse número representa um acréscimo de sete milhões de doses em relação à previsão inicial, de oito milhões de doses.

De acordo com informe divulgado pela pasta, a mudança se deveu à conversa do órgão com a farmacêutica para adiantar o envio de remessas previstas no cronograma de entregas ao país.

Na terça-feira (15), o Ministério da Saúde anunciou a chegada de 2,4 milhões de doses da Pfizer/BioNTech nesta semana. As entregas começaram e serão concluídas ainda hoje. Com essa remessa, o total e doses do consórcio enviadas ao Brasil chegará a 10,6 milhões.

Desde o final de abril, o ministério recebeu mais de 8,3 milhões de doses da farmacêutica – dessas, 5,9 milhões já foram distribuídas para todos os estados e Distrito Federal.

O contrato junto à farmacêutica prevê um total de 100 milhões de doses até setembro. Outras 100 milhões de doses, fruto de uma segunda negociação, estão previstas para serem entregues entre setembro e dezembro, totalizando 200 milhões de doses da Pfizer apenas em 2021.

VACINAÇÃO ACELERADA
O Ministério da Saúde já distribuiu mais de 110 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 para todo o Brasil. Mais de 80 milhões já foram aplicadas.