Amanda Wanessa retira traqueostomia; cantora foi considerada culpada por acidente há 5 meses

Amanda Wanessa, de 34 anos, apresentou evolução em seu quadro clínico nessa quinta-feira (10). A cantora gospel, que está internada no Real Hospital Português, em Recife, desde o dia 4 de janeiro, após sofrer um grave acidente de carro, passou por um procedimento para retirada da traqueostomia, que garantia a respiração mecânica.

Em novo comunicado publicado nas redes sociais, na manhã desta sexta-feira (11), a equipe da artista informou que ela intensificou os tratamentos de fisioterapia e de fonoaudiologia.

"Nossa querida Amanda Wanessa intensificou a fisioterapia e o tratamento fonoaudiólogo. Ontem (10), mais uma vitória, foi feito o procedimento de retirada da traqueostomia. Obrigado pelo carinho e continuamos contando com as orações de todos vocês", informou a nota.
Familiares, amigos e fãs da cantora seguem em oração por sua recuperação.


Alta velocidade


Na terça-feira (09), o resultado da perícia solicitada pela Polícia Civil revelou que Amanda Wanessa dirigia o carro a 130 quilômetros por hora quando sofreu o acidente. 

O resultado da investigação foi considerado pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco para concluir que o acidente ocorreu "por culpa exclusiva da vítima".

Após a conclusão do inquérito da Polícia Civil, que culpou Amanda Wanessa pelo acidente, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) solicitou o arquivamento do processo e o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) acatou o pedido.

Amanda sofreu um grave acidente de carro na PE-60 Zona da Mata Sul de Pernambuco no dia 4 de janeiro de 2021. O veículo da cantora teria colidido contra dois caminhões. Amanda foi submetida a uma cirurgia de emergência na cabeça, no braço e na perna. 

Além de Amanda Wanessa, outras 3 pessoas estavam no carro no momento do acidente: a filha dela, Mel Mendes, o pai e a cantora, Juciara Pimentel. Todos receberam alta e se recuperam em casa.