Governo federal acelera compra e distribuição de vacinas e Rio vai antecipar calendário

A prefeitura do Rio de Janeiro anunciou agora à tarde a antecipação do calendário de vacinação. A partir da próxima segunda-feira (07), homens e mulheres passarão a ser vacinados no mesmo dia. No entanto, elas serão imunizadas pela manhã e eles à tarde. O calendário começa com pessoas de 57 anos.

“Bora antecipar essa vacinação? Vamos acelerar! Novo calendário da próxima semana abaixo. Podendo, vamos sempre avançar! Preparem seus braços”, avisou o prefeito Eduardo Paes em suas redes sociais.

Os profissionais da Educação Básica, tanto de instituições públicas quanto particulares, serão vacinados nos dias 09 e 16 de junho

O calendário completo e outras informações sobre a vacinação no município do Rio estão no site vacina.rio.

Ministério da Saúde garante mais vacinas


A compra e distribuição de vacinas por parte do governo federal poderá permitir novas antecipações do calendário. Atualmente a previsão é vacinar toda a população brasileira maior de 18 anos até outubro.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou nesta sexta-feira que o governo conseguiu antecipar com a farmacêutica Janssen a entrega de 3 milhões de doses da vacina contra a Covid para este mês.

O Brasil tem firmado um acordo com a Janssen de 38 milhões de doses. As remessas estavam previstas para chegar a partir dos próximos meses.

"A vacina da Janssen, nós já tínhamos acertado com a Janssen 38 milhões de doses da vacina, nós conseguimos antecipar 3 milhões. Chega agora no mês de junho", disse o ministro.

A vacina da Janssen requer a aplicação só de uma dose, ao contrário da maioria das vacinas sendo aplicadas atualmente contra a Covid, que exigem duas doses.

Nesta semana, o Brasil ultrapassou a marca de 100 milhões de doses de vacinas distribuídas aos estados e municípios.