Esposa de cantor baleado vive um milagre a cada dia

Há um mês, completado nessa quarta-feira (07), Mariane Sosthenes vive um milagre a cada dia. A jovem se divide entre os cuidados com a filha, a pequena Manu, e o marido, o cantor evangélico Elyon Sosthenes, baleado na cabeça em uma tentativa de assalto.



“O médico relatou para mim que Elyon continua estável, respondendo aos estímulos e sem febre. Continua movimentando bem o braço, mão e perna direita e o braço e a mão esquerda bem lentamente. A expectativa dos médicos é continuar os exercícios respiratórios para ele sair do ventilador mecânico”, comemorou ela nessa quarta-feira.



Mariane tem sido uma guerreira incansável na luta por seu marido e tem contado com as orações de amigos e familiares. Na segunda-feira (05), cerca de 600 pessoas compareceram à Comunidade Evangélica Deus Provedor, em Duque de Caxias/RJ, para participar do culto de oração pela vida de Elyon.



Para Mariane, Deus está transformando tragédia em milagre. “Hoje (07) ele chorou enquanto eu cantava: ‘Você me leva ao deserto pra falar de amor, me deixa passar pelo vale pra mostrar que está comigo, me põe no meio da tempestade e pinta um arco-íris pra me dizer no fim que a Tua fidelidade não acabou’”, lembrou ela a canção do Ministério Zoe.



Elyon é também motorista de aplicativo e estava chegando em casa, em Caxias, quando foi abordado por um bandido e baleado na cabeça. A Polícia Civil identificou o autor do disparo que atingiu o cantor gospel. Segundo o órgão, o atirador é Natalício Santos Sardinha, conhecido como "Bola", que continua foragido.