Lula não irá mais para presídio em São Paulo O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu nesta quarta-feira (7), por maioria, a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o presídio de Tremembé, no interior de São Paulo.

Relator da Lava Jato no STF, o ministro Edson Fachin votou para suspender a decisão da Justiça Federal de Curitiba de transferir Lula para São Paulo até o julgamento de habeas corpus.

Mais cedo, Objuiz Paulo Eduardo de Almeida determinou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva cumpra pena no presídio de Tremembé, no interior de São Paulo. A decisão do magistrado foi tomada horas depois que a juíza federal do Paraná Carolina Lebbos determinou a transferência de Lula da carceragem da Polícia Federal em Curitiba para um estabelecimento prisional de São Paulo.

Lula cumpriria na Penitenciária 2 de Tremembé o restante da pena de 8 anos e 10 meses por condenação na Lava Jato, no caso do triplex em Guarujá.