Índia registra o menor aumento diário em casos de Covid-19 dos últimos 45 dias A Índia divulgou, neste sábado (29) 173.790 novas infecções por coronavírus durante as 24 horas anteriores, seu menor aumento diário em 45 dias, enquanto as mortes aumentaram em 3.617.

A contagem de infecções do país do Sul da Ásia agora é de 27,7 milhões, com o número de mortos em 322.512, mostraram dados do Ministério da Saúde.

Variante indiana

A nova variante indiana da Covid-19,  associada à explosão de casos no país asiático, é uma das quatro cepas do coronavírus consideradas de maior atenção no mundo. No Brasil, oito casos já foram confirmados, um deles em Juiz de Fora, na Zona da Mata.

Mais transmissível, a linhagem foi detectada pela primeira vez em outubro de 2020, mas se tornou predominante a partir deste ano na Índia. No Brasil, a primeira notificação ocorreu em maio, em tripulantes de um navio ancorado na costa de São Luís, no Maranhão. A cepa também foi identificada em um morador do Rio de Janeiro.

Além de maior agressividade em relação à cepa original, especialistas consideram que a variante possa ser até 50% mais transmissível, quando relacionada às demais que circulam atualmente. Além da indiana, as de Manaus, Reino Unido e África do Sul também são mais transmissíveis, podendo provocar casos mais graves da enfermidade, o que preocupa infectologistas.

Ainda são poucos os estudos disponíveis. A cepa B.1.617, mais contagiosa, pode diminuir a eficácia das vacinas da Pfizer e da Oxford/AstraZeneca. Mas, mesmo assim, as doses ainda são consideradas eficientes contra a linhagem. As duas vacinas são utilizadas no programa de imunização no país.

Especialistas acreditam que a circulação da nova cepa pode contribuir. O inverno, com temperaturas mais baixas, também pode favorecer o aumento de casos e mortes.

Para que a circulação da nova cepa seja controlada, é preciso que medidas sanitárias sejam impostas, como controle de entrada de pessoas em portos, aeroportos e barreiras, além da continuidade de ações de proteção individual.