Instagram dará opção de ocultar curtidas nas publicações Os usuários do Instagram poderão, em breve, ocultar o contador de curtidas em todas as publicações de sua conta. Ambas as opções vão ser disponibilizadas no Facebook nas "próximas semanas", disse o Instagram na quarta-feira (26).

O presidente do Instagram, Adam Mosseri, informou que o objetivo é dar às pessoas o controle sobre suas experiências no aplicativo. Ele disse que os testes da plataforma sobre como ocultar o contador não mostraram mudanças particulares no bem-estar dos usuários, mas polarizaram a opinião dos usuários.

Os "likes", que têm a forma de um coração no Instagram e são indicados por um polegar para cima no Facebook, podem ser usados para medir a popularidade das publicações.

O Instagram recentemente testou com um pequeno número de usuários globais a opção de alternar entre mostrar contagens semelhantes e ocultá-las.

Mosseri disse que não espera ver uma mudança significativa no envolvimento do usuário com a mudança. Ele disse que os criadores de mídia social ficaram divididos em suas reações.

Redes sociais x saúde mental
É importante ter em mente que, o uso moderado e consciente das redes sociais, não acarreta qualquer perigo para a saúde mental, no entanto, especialistas são unânimes em reconhecer que se torna complexa a tarefa de dosar corretamente a sua utilização num tempo em que todos os caminhos vão parar na Internet.

Um estudo realizado pela Royal Society for Public Health, instituição inglesa voltada para a saúde pública, identificou que as redes sociais provocam tantos efeitos positivos como negativos.

Os impactos nocivos resultam da má gestão da vida online, na medida em que, por norma os usuários gastam demasiadas horas nas atualizações nas redes, controlando à distância a vida de ex-parceiros (falta de controle dos ciúmes) ou de desavenças, necessidade de se autoafirmar através dos perfis virtuais, exposição exagerada da vida pessoal (a qual pode ser perigosa), entre outras.
 
Por sua vez, um artigo da The Atlantic afirmou que “o uso descontrolado das redes sociais pode estar relacionado com o aumento considerável da depressão e ansiedade no mundo”.

Normalmente a busca por aceitação é medida pelo número de curtidas e seguidores.