Pastor rebate Demi Lovato: “com todo respeito, você não é não-binária”

O pastor e escritor renomado Michael Brown rebateu, nesta sexta-feira (21), o anúncio feito pela cantora pop Demi Lovato, que diz ser “não-binária” – pessoa que não se encaixa em nenhum gênero. “Você não é não-binária, existindo fora da realidade de masculino ou feminino. Você é uma mulher confusa que precisa de ajuda. Eu, de verdade, digo isso por amor”, escreveu o pastor.

O anúncio de Demi Lovato foi feito na última quarta-feira (19) em uma série de publicações em suas redes sociais. “Tenho orgulho de informar que me identifico como pessoa não binária”, contou a artista, que também pediu para ser citada por pronomes neutros. De acordo com a cantora, a decisão veio “após um trabalho de muita cura e autorreflexão”.

Para o pastor Michael Brown, no entanto, “se a percepção substituir a realidade, não há limite para a loucura social que virá a seguir”, podendo haver um homem reconhecido como ‘Mulher do Ano’, uma mulher branca se reconhecendo como mulher negra, ou uma pessoa que se reconhece como um cachorro. "Por que não?", questiona.

Para o pastor, embora a cantora diga que está feliz e possa estar tomando essa decisão, com boas intenções, para apoiar a comunidade LGBT, “não há nada não-binário nela, a não ser o fato de que, por dentro, ela está confusa e em sofrimento”. Ainda segundo Michael Brown, “uma pessoa assim não precisa de ataques ou gozações, mas sim de amor e ajuda”. “Eu prefiro que meu amor seja acusado de ódio a ser cúmplice da destruição da nossa cultura”, finaliza.