Bruna Karla revela conexão entre novo single e testemunho pessoal

Bruna Karla vive a expectativa do lançamento do seu novo single “A Vitória Eu Posso Ver”, que acontece nesta terça-feira, 18 de maio, juntamente com o clipe da canção. Do alto dos seus 20 anos de carreira, disfarçados em seu rosto de menina, Bruna falou sobre a novidade aos ouvintes da Rádio Melodia, durante o programa Melodia Ao Vivo, apresentado por Edinho Lobo, na última quinta-feira (13). A artista, que é membro da Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul, relembrou grandes sucessos e até cantou em primeira mão um trecho do seu novo trabalho. Bruna revelou também sua ligação com sua nova música, que é uma regravação de um grande sucesso da banda “Elevation Worship”. Confira os principais momentos desta entrevista. 

Sua introdução na música gospel pode ser atribuída a quem?

Bruna Karla
: Eu acredito que Deus já sabia sobre como seria o meu futuro. Desde pequena eu ouvia muitas promessas e, aos 3 ou 4 anos, eu comecei a ter esta vontade de cantar. Eu vivia cantando o tempo inteiro; e é assim até hoje. E aos 6 anos eu comecei a pedir à minha mãe pra comprar os playbacks da época para eu cantar. Eu ia às igrejas para cantar, pedia oportunidade. 
Na verdade a pessoa que mais me incentivou, em primeiro lugar, Deus, que colocou no meu coração algo lindo para o louvor. A minha vontade nunca foi cantar músicas seculares. A minha vontade sempre foi adorar a Deus. Eu sempre amei, mesmo na época em que havia outras referências para crianças. Mas as minhas referências eram Cassiane, Aline Barros, Fernanda Brum. Eu gostava de cantar os hinos de poder, de adoração, de louvor e que tocam lá na alma. As pessoas se surpreendiam comigo tão pequenininha cantando hino de adulto. Mas era o que eu amava e amo fazer até hoje. 
E a maior incentivadora do meu ministério foi, com certeza, a minha mãe que não está mais aqui. Ela batia muito na porta da Melodia e a rádio sempre me deu muitas oportunidades. 
Eu me lembro até hoje de uma campanha do Dia das Mães que a gente fez juntos, aqui na radio, pra sortear uma cesta de café da manhã e os ouvintes tinham que advinhar quem estava cantando. E era eu cantando “eu te amo. Não existe outro jeito de dizer a ti o que tenho no meu peito. Só você, mamãe, pode me fazer feliz do jeito que eu sou”. 

Você se emociona fácil, Bruna? Já deixou muita lágrima rolar?


Muitas vezes. Só Deus sabe os momentos em que a gente enfrenta situações. Tem horas que você não tem palavras na hora de orar. Todos nós passamos por isso. São as vezes em que você enfrenta uma dificuldade em que não há mais o que fazer. E até aquele momento em que você vai falar com Deus, está tão cansada, a sua alma está tão ferida e você está tão machucado, que só o que resta é se ajoelhar diante de Deus. Sem palavras, só com as suas lágrimas, você está ali dizendo: “Senhor, eu continuo te adorando. Eu não estou entendendo, mas com as minhas lágrimas diante de Ti, eu estou me quebrantando e entregando o meu louvor. Te pedindo que venha sobre a minha vida e me fortaleça”. Quantas e quantas vezes eu só dizia assim: “Deus, Tu sabes”. E chorava aos pés do Senhor dizendo: “Eu continuo te amando. Eu continuo te adorando. Mas Tu sabes. Vem com o teu poder, vem com a cura, com o milagre, o consolo, o livramento…”. Até hoje é assim.

E ser mãe é um destes momentos de emoção. Fala um pouco dessa experiência de ser mãe do Benjamin e da Bella.

É um presente de Deus lindo na minha vida. Era um sonho desde a infância, quando eu brincava de boneca. Bruno é um paizão. Ele não consegue deixar de mimar os nossos filhos. O Senhor realiza os nossos sonhos. Você que sonha em ser mãe e, de repente, ouviu um diagnóstico contrário como eu também ouvi um dia, preste atenção. Eu falei para o Senhor: “Deus, eu quero a sua vontade para a minha vida. Se eu não tiver filhos  meus, que saiam do meu ventre, eu terei filhos espirituais, eu terei filhos que eu vou adotar. Eu vou ser mãe! Mas eu quero a cura, eu quero o meu milagre. E eu creio que o Senhor pode. Mas eu quero, acima de tudo, também a Sua vontade”. Então se você ouviu um diagnóstico contrário, clame ao Senhor. Peça a Ele. Busque, porque Ele realiza Sonhos. Ele faz da estéril mãe de filhos e quer te ver feliz. Peça a Ele. Acima de tudo, a vontade Dele irá prevalecer, que é o melhor pra nós. Tenha fé porque o nosso Deus faz, assim como fez com Abraão e Sarah. Deus é lindo.

E como está a expectativa para esse novo trabalho?


Que alegria poder anunciar aqui na Melodia uma novidade que está pelando, de tão quente. E eu estou muito feliz. Nesta terça-feira, 18 de maio, nós estamos lançando o louvor “A Vitória Eu Posso Ver”, que é uma versão do “Elevation Worship" para "See of Victory”. É um louvor que eu escutei muito no ano de 2019. E eu tenho um testemunho pessoal com ele, porque eu já o amava e tinha muita vontade de regravá-lo em Português. Mas ainda não era o tempo. Deus tem tempo para todas as coisas. E aí quando eu descobri a minha segunda gravidez, eu ouvia muito este louvor. 
Quando a minha filha nasceu, ela passou por alguns exames e descobrimos algumas coisinhas que precisavam ser olhadas mais de perto. Para alguns médicos poderia ser algo grave, mas no meu coração eu sempre coloquei assim: “É do Senhor. Deus me deu. É minha filha”. E eu declarava o tempo inteiro. Eu entrava no carro e cantava esta canção do meu jeito, já que ainda não havia uma versão oficial. Eu cantava: “Eu estou vendo a vitória. A vitória eu posso ver… Porque a batalha não é minha, é do Senhor”. Eu declarava esse louvor. E glória a Deus nós temos declarado a vitória na vida da minha filha todos os dias. É algo que futuramente eu poderei contar mais detalhadamente. Mas Deus tem feito maravilhas. 

Então entendi que agora era o tempo. No final do ano passado nós pedimos a autorização e eu recebi a permissão para gravar essa música em Português, que será lançada neste 18 de maio. 

“A vitória eu posso ver. A batalha pertence ao Senhor” (cantou Bruna Karla com exclusividade para os ouvintes da Melodia).

E como foi todo o processo de produção até o grande dia do lançamento?

Como é um processo de versão, demora um pouco mais até liberarem a autorização. Ficamos na expectativa e quando a autorização chegou, foi uma grande festa. Nós entramos em estúdio. E eu sou muito grata a Deus pela minha equipe que gravou comigo essa canção. O Tadeu Chuff que fez o arranjo dessa canção. Ficou lindo! Quero também agradecer ao Bruno, meu maridão, que está à frente deste projeto e esteve acompanhando tudo de pertinho. Mais o Bene Maldonado, que participou da mixagem de tudo. Gratidão também à minha gravadora, a MK Music que sonhou comigo e está comigo. 
Então, nesta terça você poderá conferir não só o single como também o clipe. Eu quero, de todo o meu coração, que seja um louvor onde as igrejas vão declarar, em meio a tempos difíceis, que os nossos olhos estão na vitória que vai chegar. Porque o nosso Deus promete e Ele cumpre. Vamos declarar isso de todo o coração.



 



(Fotos: Marco Pires)



 



Veja os bastidores do clipe de "A Vitória Eu Posso Ver":