Polícia investiga morte de Mc Kevin após queda da varanda de hotel no Rio

Mc Kevin, de 23 anos, l não resistiu à queda do 5º andar da varanda de um hotel na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, no início da noite deste domingo (16). A Secretaria Municipal de Saúde do Rio confirmou a informação: "Infelizmente, o paciente kevin Bueno não resistiu e faleceu". Em princípio, a informação era de que a queda teria ocorrido a partir do 11º andar.

O cantor foi levado às pressas para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, Zona Sul do Rio, onde houve tentativas de reanimá-lo, mas sem sucesso. Os médicos confirmaram a morte por volta das 21h.



O delegado Henrique Damasceno, titular da 16ª DP, abriu um inquérito para apurar as circunstâncias da morte e, já na noite de deste domingo, equipes da delegacia fizeram diligências no hospital, além de buscar informações no Hospital Miguel Couto. A Polícia Civil apura se o músico teria tentado pular na piscina do hotel.



Mc Kevin estava no Rio acompanhado da mulher, Deolane Bezerra, com quem casou há duas semanas. Na noite de sábado (15), se apresentou em uma festa chamada 'Baile do Imperador', em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio.

Após a notícia da morte, Deolane fez uma postagem em homenagem ao marido. "Você é e sempre será o amor da minha vida o amor mais lindo que tive, o homem que mais me amou e me admirou ! Vai com Deus meu menino eu sempre vou te amar !!! "



Polêmicas



Em março, Kevin chegou a anunciar o fim de carreira no funk e abandonou as redes sociais. O artista não deu detalhes sobre o que teria motivado a decisão e, com isso, deixou os fãs intrigados e assustados com a situação. Essa não foi a primeira vez que Kevin deletou o perfil na internet. A atitude levantou suspeitas sobre uma possível depressão.



Em dezembro, Kevin escapou da morte após um grave acidente de carro.



O funkeiro também se envolveu em algumas polêmicas nos últimos tempos. Neste ano, quatro policiais militares se sentiram ofendidos após publicações do cantor em redes sociais.

Em maio do ano passado, o músico foi alvo de uma denúncia de moradores do condomínio onde mora, em Mogi das Cruzes, por ter quebrado o isolamento social de prevenção ao coronavírus.



Em junho de 2019, o músico foi preso em um hotel de Belo Horizonte por consumo de drogas.