Mães se unem para proteger seus filhos contra drag queens O grupo de defesa cristã norte-americano “One Million Moms” está boicotando o varejista “Whole Foods” depois que o mercado passou a apoiar o evento “Drag Queen Story Hour” (DQSH).

O boicote vem depois que a cidade de Atlanta LGBTQ Affairs twittou que o Whole Foods é o mais novo patrocinador da “História da Drag Queen”. O tweet disse que a equipe da NBA Atlanta Hawks e a equipe da NFL Atlanta Falcons também eram patrocinadores.

O evento aconteceu no dia 29 de junho, com a prefeita de Atlanta, Keisha Lance Bottoms.

"Está tudo bem ser diferente" e "Maria teve um pouco de glamour" foram frases lidas para as crianças e suas famílias durante o evento, informa o Lifesite News.

Os eventos se espalharam para lugares públicos, incluindo bibliotecas, como parte de uma agenda nacional LGBTQ para ensinar a diversidade às crianças. Homens vestidos como mulheres leem livros com temas LGBTQ para os pequeninos.

De acordo com seu site, “DQSH capta a imaginação e o jogo da fluidez de gênero da infância e dá às crianças modelos glamourosos, positivas e descaradamente estranhas”.

O grupo “One Million Moms” iniciou uma petição pedindo ao mercado que não patrocinasse mais os eventos do DQSH. Até agora, a petição tem mais de 8 mil assinaturas.

"Eu não comprarei no Whole Foods Market enquanto sua empresa estiver apoiando esse evento Drag Queen", afirma a petição.

“Um varejista que uma vez promoveu orgânicos e alimentos limpos está agora saturado de sujeira absoluta, explorando as crianças americanas para serem 'preparadas' por drag queens”, também declara a petição.

OneMillionMoms.com é uma rede de mães cristãs que se uniram para defender as crianças e suas famílias.