Disney usa Mickey e Minnie para promover agenda LGBTQ A Walt Disney Company, conhecida há anos como um bastião do entretenimento familiar, agora está comercializando uma série de roupas e brinquedos com a bandeira LGBT do arco-íris. A estratégia de marketing acontece antes da contagem regressiva para o Mês do Orgulho Gay.

"A contagem regressiva para o Mês do Orgulho começou com uma variedade colorida de produtos do Orgulho disponíveis agora! Além disso, a The Walt Disney Company está dando fundos como parte de nosso compromisso contínuo com organizações em todo o mundo que apoiam comunidades LGBTQ +", anunciou os Disney Parks em um tweet na segunda-feira. 

A empresa está promovendo pelo menos 30 produtos com a bandeira do arco-íris LGBT em conjunto com vários de seus personagens icônicos e marcas registradas, incluindo Mickey e Minnie Mouse, Pateta, Stitch, Pato Donald, o logotipo de animação da Pixar, o logotipo de Star Wars e o logotipo da Marvel . A bandeira é exibida em pins, bonés, orelhas do Mickey e da Minnie, camisetas e máscaras. 

A Disney já havia ganhado as manchetes por promover elementos LGBTQ em sua programação de televisão nos últimos anos, e até levou um evento de orgulho LGBTQ para a Disneyland Paris pela primeira vez em sua história em 2019.

Nos últimos anos, as crianças têm sido alvo cada vez maior da agenda LGBTQ em histórias animadas e outros entretenimentos familiares. Agora, parece que a empresa também está focada em vender brinquedos e outros produtos com o tema LBGTQ para os jovens.  

No final de abril, a Disney estava em processo de escalar seu primeiro personagem transgênero para um projeto de animação ainda sem nome. 

A Pixar Animation Studios, uma subsidiária da Walt Disney Company, chegou a publicar um anúncio de elenco em março no Twitter. O anúncio dizia que a Pixar estava conduzindo uma pesquisa de elenco para um papel de voz off para jovens a um projeto de animação futuro.

“A personagem, Jess, é uma garota transgênero de 14 anos”, dizia o aviso. "Ela é compassiva, engraçada e sempre te apoia."

O anúncio foi confirmado por um grupo transgênero de São Francisco que conversou com o diretor de elenco.