Atleta desmaia na linha de chegada após ser forçada a correr de máscara O estado do Oregon, nos Estados Unidos, agora revisou sua lei de máscaras faciais para atletas do ensino médio depois que uma estrela do atletismo desmaiou assim que cruzou a linha de chegada em uma competição recente. 

Segundo a imprensa local, Maggie Williams, uma aluna do terceiro ano do time de atletismo da Summit High School, tropeçou até o fim de sua corrida recorde escolar e perdeu a consciência. Williams e seu treinador dizem que a culpa é da máscara e, como resultado, a Autoridade de Saúde do Oregon (OHA) está atualizando suas diretrizes. 

Williams cronometrou sua corrida de 800 metros em 2:08:45, que bateu o recorde da escola de 2:10:54 que foi estabelecido há dois anos. 

Ela contou à imprensa o que experimentou antes de sua queda. 

"Senti que simplesmente não estava conseguindo respirar fundo", disse ela. "Isso aconteceu várias vezes, não sendo capaz de respirar o suficiente - eu me senti perdendo os sentidos e, finalmente, desmaiei."

A queda de Williams foi registrada por sua mãe, que estava filmando sua corrida. 

Dave Turnbull, o técnico de Williams, disse que depois de 31 anos na pista como treinador, ele está confiante de que o desmaio de Williams não foi um problema de condicionamento, foi um problema de máscara. 

"Foi uma resposta diferente da que vi em crianças que desmaiaram na pista só porque estavam exaustas", disse ele. "Ela não tinha certeza de onde estava."
Steve Williams, pai da atleta, contou o que se passou em sua mente, quando viu o vídeo de sua filha caindo. 

"Você conhece Laura, meu coração está quase quebrado", respondeu ele. “Mas você sabe que existe um versículo bíblico em Romanos 8:28. Diz 'Deus faz todas as coisas para o bem daqueles que o amam e são chamados segundo os Seus propósitos.' E estou muito orgulhoso de Maggie. Ela ama Jesus. "