Meme de menina “satisfeita” com incêndio de casa é vendido por R$ 2,5 milhões

Virar meme pode ser um grande investimento a longo prazo. Pelo menos foi para Zoe Roth, estudante americana de 21 anos, que acaba de faturar R$ 2,5 milhões de reais por uma foto sua que viralizou.

Zoe ficou famosa por ter sido fotografada com um sorriso no rosto em frente a uma casa em chamas, o que sugeria que a própria menina teria sido autora do incêndio, quando, na verdade, se tratava apenas de um treinamento do Corpo de Bombeiros do estado da Carolina do Norte, nos Estados Unidos.

Mesmo assim, o registro, feito em 2005, acabou se tornando um dos memes mais compartilhados da história da internet, sempre usado por usuários que estavam felizes por alguma confusão, como quando faziam uma postagem que instigava uma discussão política, por exemplo.

Só que, enquanto muitas pessoas preferiam não virar um meme na internet, Zoe aproveitou a fama para ganhar dinheiro. A foto foi transformada em NFT, ou seja, ganhou um selo de autenticidade digital e de reconhecimento de dono único, e acaba de ser vendida como uma relíquia pelo preço de 180 unidades da moeda digital 'Etherum'. Cada Etherum equivale hoje a quase 3 mil dólares. Convertendo para nossa moeda, a venda rendeu aproximadamente R$ 2,5 milhões.

E os ganhos podem não parar por aí, já que a venda do NFT da foto garantiu a Zoe o direito a 10% do valor de qualquer venda futura. Nada mal por uma simples imagem registrada durante um passeio de pai e filha em um já longínquo ano de 2005.


Siga-nos