Erro: Crianças do interior de São Paulo foram vacinadas contra Covid-19 Uma técnica de enfermagem da unidade de saúde básica (UBS) do bairro Jardim das Nações, na cidade de Diadema, cometeu um erro grave nessa quinta-feira (15) ao vacinar cinco crianças contra a Covid-19. Como é de conhecimento de todos, ainda não existem vacinas contra a doença causa pelo coronavírus autorizadas para crianças.

O caso ocorre dois dias após 46 pessoas serem vacinadas incorretamente na cidade de Itirapina, dentre elas estão 28 crianças e uma gestante.

O caso de Itirapina aconteceu na terça-feira (13), após uma técnica de enfermagem ter separado incorretamente as doses da vacina Coronavac para serem levadas à sala em que a equipe da unidade realizava a vacinação contra a gripe, com crianças de 6 meses a 6 anos de idade, gestantes e puérperas, como grupo prioritário.

Além da gestante e das 28 crianças vacinadas equivocadamente, outros 18 adultos receberam a vacina contra a Covid-19 em vez do imunizante contra a influenza. Em comunicado emitido pela prefeitura de Itirapina, foi notificado que as pessoas alvo da vacinação incorreta foram informadas sobre o ocorrido, atendidas e são monitoradas por equipes de saúde do município.

As prefeituras de Itirapina e de Diadema abriram procedimentos administrativos para apurar os casos.