É possível mudar o comportamento com a mudança da letra? Grafóloga diz que sim

A escrita diz muito sobre as pessoas, reflete a personalidade de forma inconsciente, quando analisada minuciosamente, é possível identificar a condição comportamental e corrigir diversos pontos para o desenvolvimento do autoconhecimento e estado emocional.

A inclinação, formato, acentuação, curvatura, pressão, tamanho, dimensão e disposição das letras, são marcas inseridas que revelam frustrações, vitórias, emoções, estímulos internos e externos. A grafóloga Célia Siqueira utiliza a técnica para compreender as necessidades, características, dificuldades e ações individuais em diversas áreas.

A especialista dá uma dica especial neste momento de pandemia, para as pessoas que buscam um pouco mais de otimismo, basta aumentar o tamanho da letra, principalmente a inicial do nome. Não rabiscar a assinatura e não finalizar com riscos para trás.

Para deixar de se preocupar mais com as outras pessoas do que consigo, a sugestão é não descer a escrita, o ideal é sempre manter uma reta e subir um pouco mais os traços no final de cada letra. Assim, é possível adquirir mais autoconfiança e evitar que se coloque sempre em segundo lugar.

“É possível tornarmos pessoas melhores com a mudança da nossa escrita. Melhorar nosso convívio social e familiar, aprimorando nosso comportamento com as técnicas de grafoterapia. Esse estudo auxilia também no tratamento de traumas, fobias, bloqueios e inclusive na área profissional e afetiva”, diz Célia.

Pessoas que são agitadas e que querem ficar mais calmas e tranquilas, principalmente em momentos de tomadas de decisões, deve arredondar a escrita e pegar na caneta com leveza, sem pressão.

Para aumentar a autoestima, não escrever de maneira arcada (quadrada), pois essa característica representa solidão, vergonha e reclusão. Já quem deseja se tornar mais alegre, não pode escrever as letras T, F e J com traços sinuosos, e deve florear a grafia, porém em exageros.

Para saber mais dicas e sobre grafologia, acesse AQUI.