Polícia holandesa investiga explosão em igreja que realizou missa durante lockdown A polícia holandesa investiga uma explosão em uma igreja católica perto de Roterdã, que abriu as portas no fim de semana passado, contrariando as restrições impostas para combater a pandemia da Covid-19. De acordo com a polícia, não houve feridos.

Na terça-feira (30) Moradores de Krimpen aan den Ijssel ouviram uma forte explosão por volta das 4h30 (23h30 de segunda-feira em Brasília), na igreja Mieraskerk.

"Ninguém ficou ferido na explosão, mas a fachada do prédio foi danificada", disse a polícia no Twitter. Segundo a imprensa holandesa, a polícia acredita que a explosão tenha sido causada por fogos de artifício.

Centenas de fiéis compareceram a uma missa no domingo (28), na igreja Krimpen, perto da cidade portuária de Roterdã, apesar das restrições que limitaram as reuniões a menos de 30 pessoas. Devido às leis de liberdade religiosa, o governo holandês não pode intervir nas igrejas, nem impor multas.

Siga-nos