Contas do FGTS terão R$ 32 de lucro a cada R$ 1 mil A cada R$ 1 mil depositados em contas do FGTS (ativas ou inativas), com saldo em 31 de dezembro de 2018, serão creditados R$ 32 a mais, a título de lucratividade do fundo. O valor é resultante da divisão do lucro de R$12,2 bilhões que o FGTS registrou no ano passado e que será repassado integralmente a 299,6 milhões de contas vinculada de trabalhadores da iniciativa privada. A distribuição de 100% do lucro está prevista na Medida Provisória 889 editada na semana passada pelo governo e será feita até 31 de agosto. 

O valor a ser distribuído faz parte das demonstrações contábeis do ano passado apresentadas pela Caixa Econômica Federal ao Conselho Curador do FGTS. 

Pelas contas do Ministério da Economia, com essa nova forma de remuneração do FGTS, a rentabilidade para o cotista será de 6,18%, ganhando da caderneta de poupança. O total depositado no FGTS em 2018 somou R$ 529,2 bilhões.