Líder de seita O grupo Nxivm (a pronúncia é nexium), com sede em Albany, no Estado de Nova York, se classifica como uma "comunidade guiada por princípios humanitários que busca empoderar as pessoas".



Entre os membros do culto, estavam a atriz Allison Mack, conhecida por sua participação na série de TV americana Smallville, que se declarou culpada por ser cúmplice de Keith Raniere, de 58 anos, líder da seita, e Emiliano Salinas, filho do ex-presidente do México Carlos Salinas.



O julgamento de Raniere revelou detalhes impressionantes das supostas práticas do culto, acusado de escravizar mulheres sexualmente.



De acordo com os promotores, Raniere se declarou a "pessoa mais inteligente e ética do mundo", se comparando a Albert Einstein e Mahatma Gandhi, enquanto fazia lavagem cerebral e chantageava mulheres em sua sociedade secreta.



Mais de 16mil pessoas nas últimas duas décadas assistiram em 30 países as oficinas de Raniere, que prometia por ao dia seu potencial humano e cobrava 5 mil dólares por um curso de cinco dias.



Os participantes frequentemente ficavam endividados e precisavam trabalhar para a organização para saldar as dívidas.



Agora Raniere é acusado de administrar um esquema de pirâmide, que previa recrutar mulheres como escravas e obrigá-las a ter relações sexuais com ele. O caso ganhou manchetes no mundo todo quando o FBI apresentou um relatório, em 2017, revelando a existência da seita. O julgamento de Keith Ranieri começou no dia 7 de maio.