Grupos de oração se multiplicam ao redor de hospitais de todo o Brasil

Diante do momento mais crítico da pandemia no Brasil, grupos de oração se multiplicam nas portas dos hospitais. De Norte a Sul, pessoas têm se revezado na intercessão por aqueles que lutam pela vida em um leito de UTI e também por aqueles que sequer conseguiram ser internado, devido à superlotação dos hospitais.

Evangélicos e católicos têm usado as redes sociais para convocar outros fiéis para orar nas portas dos hospitais. Domingo (14), irmãos foram orar ao redor do Hospital da Providência, em Apucarana, no Paraná, em prol da nação, pelos pacientes internados e também pelos médicos e demais funcionários da unidade de saúde.

Em Uberaba, Minas Gerais, membros da Igreja do Evangelho Quadrangular se reuniram no sábado (13) na porta de três hospitais da cidade. Uma ação de fé em apoio às vítimas da Covid-19.

Em Guiratinga,  município localizado a 329 km de Cuiaba/MT,  fiéis promoveram um encontro de oração no Centro de Eventos do Município, no domingo (13). A iniciativa da Prefeitura Municipal contou com uma celebração ecumênica. O grupo orou pela situação que o município atravessa com a pandemia, estendendo seu clamor por todo o mundo. 

“Nós estamos acompanhando toda a trajetória e medidas para combater esse vírus. Nossa cidade é muito pequena e temos sofrido muito com tantas perdas. Eu tenho muita fé em Deus, acredito na palavra Dele e tenho certeza que vamos conseguir sair desta situação. As pessoas precisam de amparo emocional e psicológico. Os profissionais da saúde precisam de força, estão exaustos. Mas vamos vencer e sair dessa situação juntos”, disse o prefeito Waldeci Barga Rosa (DEM).

Em Veranópolis, no Rio Grande do Sul, o encontro de oração foi nessa segunda-feira (15). Pastores de diferentes denominações reuniram seus fiéis em frente ao Hospital São Peregrino Lazziozi em mais um momento de fé e submissão a Deus.

Enquanto isso, em cidades como São Paulo e Belo Horizonte as igrejas estão impedidas de realizar cultos presenciais, mesmo seguindo as orientações de distanciamento e uso de máscara.