Baterista evangélico está desaparecido há 40 dias A polícia de Cabo Frio, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, investiga o desaparecimento do baterista de uma igreja evangélica no bairro de Tamoios. Lourent França da Silva, de 26 anos, desapareceu há 40 dias, após sair de casa.

A mãe, a dona de casa Jussara França de Jesus, de 45 anos, realiza buscas diárias em hospitais, abrigos e institutos de medicina-legais à procura do paradeiro do filho. Segundo ela, o rapaz está desempregado e, além de tocar bateria em uma igreja evangélica, produz e vende doces caseiros para ajudar na renda da família, que saiu de Mesquita, na Baixada Fluminense, há cerca de 10 meses, para ir morar na Região dos Lagos.

A possibilidade de Lourent ter sido acometido por um surto, após problemas psicológicos, não foi descartada. Segundo familiares, ele sofreu uma desilusão amorosa e estava muito abalado.

A família chegou a receber informações de pessoas que teriam visto um rapaz com as mesmas características do baterista caminhando a esmo por Búzios, cidade vizinha a Cabo Frio. Mas o paradeiro do jovem ainda é incerto.

O caso foi registrado na 126ª DP (Cabo Frio) e encaminhado à Divisão de Descobertas de Paradeiros (DDP), na Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI). Informações sobre o paradeiro do baterista podem ser repassadas ao Disque-Denúncia (2253-1177).