Filho do ator Tom Hanks relata experiência com a natureza que o fez deixar de ser ateu

O ator e músico Chester Hanks, filho do também ator e vencedor do 'Oscar' Tom Hanks, relatou recentemente uma experiência que o fez deixar o ateísmo. De acordo com ‘Chet’, ele sentiu que foi “tocado pela mão de Deus”.

O relato foi feito durante o podcast 'IMPAULSIVE Clips', quando ele contava sobre a ocasião, ainda em sua adolescência, em que foi enviado pelos pais para um acampamento devido a seu mau comportamento. Ele conta que tinha 17 anos e passou 12 semanas em uma área remota do estado de Utah, no oeste dos Estados Unidos.

A experiência aconteceu durante uma caminhada diária. “Eu saí e sentei na borda de um penhasco, estava apenas observando a vista”, contou Chester, que prosseguiu:

“Enquanto eu olhava aquela vista, eu estava olhando para onde eu estava por uma perspectiva elevada, porque eu estava preso naquele deserto por 12 semanas e aquilo parecia feio e chato, sem nada para apreciar. Mas naquele momento eu estava olhando dessa perspectiva elevada, do topo dessa montanha” – contou Chet, que diz que foi nesse momento que sentiu a “mão de Deus”:

“Então, eu estava olhando em volta e estava tão comovido pela emoção... eu senti que estava sendo tocado pela mão de Deus. Foi nesse momento que Deus se revelou para mim. Toda aquela raiva, ódio e ressentimento mudou. Foi substituído por esperança, gratidão, paz e amor infinitos” – relatou.

Chester Hanks, entretanto, enfrentou um problema com dependência química anos depois. Ele conta que foram oito anos lutando contra esse mal até que, em 2014, comemorou o fato de estar livre da dependência:

“Eu tive problemas com abuso de substâncias desde os meus 16 anos. Finalmente, aos 24, eu decidi buscar ajuda. Com 50 dias de sobriedade, eu posso dizer com honestidade que eu estou tão feliz quanto eu jamais estive. Eu sou grato pela minha família e por todos que cuidaram de mim. DEUS É REAL!!!” – publicou Chester em sua conta no Instagram, na época.