Padre peruano celebra missas em cima do telhado Não é só no Brasil que as restrições às cerimônias religiosas estão cada vez mais rigorosas. No Peru, o padre da paróquia de Santa Rosa, na cidade de Tomayquichua, nos arredores de Huánuco, literalmente subiu no telhado. Com o veto a abertura do templo, Juan López Díaz passou a comandar as missas dominicais do alto da igreja.

O pároco ligou o modo “gambiarra” e colocou um altar improvisado e alto-falantes para que os fiéis das redondezas pudessem receber a sua mensagem, também de telhados, de varandas e das janelas de suas casas.

Segundo a Agência Católica de Informações (ACI), muitos parquianos, que moram mais afastados da igreja, acompanham a missa pela internet. O religioso gosta de afirmar que "a vida tem muitos obstáculos, mas há sempre uma saída".

"Eles (os fiéis) estão muito contentes, mas também preocupados porque há domingos em que o vento é forte e dá medo", comentou o padre, que costuma visitar doentes de Covid-19 em hospitais da região.

No estado de Huánuco, desde o início da pandemia, já foram registrados 47 mil casos de Covid-19, com mais de mil mortes. Em todo o Peru, as mortes já passam de 45 mil.