Usuários vendem “canudos raros de plástico” do McDonald’s na internet por quase R$ 40 mil

Algum sábio afirmou um dia que qualquer coisa pode ser encontrada à venda na internet. E parece que ele estava certo. Usuários do site de compras e vendas online ‘eBay’ estão vendendo “canudos raros de plástico” do McDonald’s por até R$ 38 mil, depois que a rede de fast-food baniu os utensílios e, em algumas localidades, adotou sua versão de papel.

Parece absurdo, mas os fãs do restaurante que conseguiram guardar canudos de plástico das linhas descontinuadas pela empresa estão anunciando os “artefatos” por valores enormes. Há, no momento, pelo menos 29 anúncios dos produtos que até pouco tempo eram distribuídos de graça. Alguns vendedores chegam a pedir 5 mil libras pela operação, cerca de R$ 38 mil.

Nesses casos, ainda não houve ofertas, apesar da disponibilidade do frete gratuito. Mas, surpreendentemente, o valor de 4,5 mil libras – R$ 34 mil – parece apreciável para os compradores, que já fecharam o negócio por três unidades de canudos “novos, nunca usados, na embalagem e sem danos”. Para os interessados, o vendedor afirma que ainda tem um estoque de seis canudos disponíveis.

Canudos banidos

Em busca de posicionar sua marca de maneira mais alinhada às exigências ecológicas, o McDonald’s baniu, em 2018, o uso de canudos de plástico em seus restaurantes, mesmo que eles fossem feitos com material reciclado. Na época, a cadeia do McDonald’s distribuía 1,8 milhões de canudos por dia apenas no Reino Unido.

O curioso é que a empresa adotou, em algumas localidades, o uso de novos canudos de papel que não poderiam ser reciclados e deveriam ser descartados em lixo comum. “Esse lixo dos nossos restaurantes não vai para os destinos comuns, ele é usado para gerar energia”, justificou a companhia.


Siga-nos