Trabalhadoras de ministério britânico estão tendo que sair do prédio para evitar “banheiro neutro

As mulheres que trabalham no escritório do Ministério do Interior do Reino Unido estão tendo que caminhar até outros departamentos quando precisam fazer suas necessidades para evitar usar os “banheiros de gênero neutro” do prédio.

De acordo com uma reportagem do ‘The Times’, é comum ver longas filas do lado de fora dos banheiros em prédios vizinhos dedicados apenas a mulheres, uma vez que muitas delas se sentem desconfortáveis de utilizar os banheiros neutros. Em 2018, foram gastas quase 40 mil libras – cerca de R$ 300 mil – em obras para remover os banheiros específicos para os públicos masculino e feminino no prédio do Ministério do Interior britânico.

De acordo com fontes do órgão, as alterações foram feitas “sem consulta” aos trabalhadores. Foram registradas discussões entre a equipe de funcionários depois que homens foram encontrados usando as cabines dos banheiros com as portas abertas. “Estressante”, dizem as trabalhadoras mulheres sobre compartilhar os banheiros.

Em 2019, uma série de relatos pelo território britânico davam conta de que meninas estavam evitando ir à escola para que não precisassem utilizar banheiros de gênero neutro. De acordo com pais e profissionais de educação, as meninas estavam não só desconfortáveis, mas também se sentiam inseguras de compartilhar o banheiro com os meninos.