Campanha “40 Dias Pela Vida” é mais uma força contra o aborto no Brasil

A campanha ’40 Dias Pela Vida’ tem ações coordenadas contra o aborto no Brasil pela primeira vez. Movimento pró-vida mobiliza orações, vigílias e jejuns em favor da causa.

Nascido nos Estados Unidos, o grupo organizou sua primeira campanha coordenada em 2007, tendo atingido mais de mil cidades em 63 países. Desde então, todos os anos, os membros voluntários realizam 40 dias de orações, jejuns, e vigília constante. Além disso, durante o período, a campanha busca chegar aos corações das comunidades.

“Durante 40 dias pela vida, a mensagem é levada proativamente para todos os cantos da sua comunidade. O envolvimento das igrejas começa com o encontro com pastores locais, outros líderes religiosos e membros de diferentes congregações” – diz o posicionamento do grupo em seu site. Em 2021, o Brasil também será palco da campanha coordenada, embora já houvesse anteriormente ações em alguns estados.

As ações já estão a todo vapor desde o dia 17 de fevereiro e vão, portanto, até o dia 28 de março. O movimento pró-vida está realizando manifestações de forma “pacífica, cristã e não vinculada a nenhuma denominação” em pelo menos quatro cidades brasileiras: Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE) e Fortaleza (CE).

As ações são feitas em público e também têm o objetivo de oferecer assistência a mulheres em situação vulnerável, que muitas vezes pensam que o aborto é a única ou a melhor solução.

No Rio, as vigílias de oração acontecem em frente à Assembleia Legislativa (Alerj), das 7h às 19h.