Após vencer as drogas com ajuda da Cristolândia, homem vive o sonho de se formar em Gastronomia  Com um culto online de gratidão a Deus, Missões Nacionais irá celebrar na próxima quinta-feira (25) às 14h, as maravilhas que o Senhor tem feito na vida de Marcus Vinicius Soares, que venceu a batalha contra as drogas e agora irá se formar em Gastronomia.


Há dez anos, Marcus Vinicius já sabia que precisava tratar a sua dependência química, mas somente em 2018 ele entendeu que precisaria de ajuda para se ver livre desse mal e recuperar sua esperança de viver. Através de um amigo de infância, pastor Emmanuel Viana Bispo, da Terceira Igreja Batista de Linhares/ES, Marcus foi apresentado à Cristolândia, projeto desenvolvido por Missões Nacionais, e ali sua vida começou a mudar, no mesmo lugar onde nasceu e cresceu.

Ele foi acolhido na unidade da Serra/ES onde concluiu o Ensino Médio. Avançando em seu tratamento, Marcus Vinicius fez parte da primeira turma que foi para a Casa do Estudante Universitário Cristolândia, em Anápolis/GO, uma parceria de Missões Nacionais com a UniEvangélica para oferecer aos alunos da Cristolândia a oportunidade de cursar o Ensino Superior.

Aos 43 anos, Marcus Vinicius vive um dos momentos mais especiais de sua vida. Após dois anos de curso, nesta quarta-feira, 24 de fevereiro, ele irá colar grau no Curso de Graduação em Gastronomia, realizando assim um sonho que o acompanha desde a juventude.

“Quando eu era jovem, eu e meu pai resolvemos fazer uma sociedade e investimos no ramo da gastronomia, o que me fez ter contato direto com a profissão, me proporcionando algumas experiências”, conta ele, que ressalta que o período na Cristolândia, principalmente nas atividades de laborterapia, o fez entender que o ato de cozinhar está diretamente ligado ao ato de amar.

O caminho não foi fácil até aqui. Marcus passou a infância em um ambiente familiar tranquilo, que se alterava quando o seu pai chegava em casa alcoolizado e mudava o comportamento com ele, sua mãe e seu irmão. Já na adolescência, no convívio com amigos e frequentando ambientes noturnos, ele descobriu o álcool e a cocaína. “O convívio familiar sempre foi de muito afeto, mas por causa de algumas escolhas que fiz, passei a ter momentos de conflitos com minha mãe e, aos 15 anos, por causa do meu comportamento, fui morar com o meu pai, já que a minha mãe não sabia mais como lidar com minhas atitudes”, conta o formando.

Marcus também se lembra de outros momentos difíceis em sua trajetória, que o fizeram perder a autoestima e a esperança. “Há cinco anos passei por uma experiência de falência financeira em decorrência de má gestão dos meus negócios e, depois disso, comecei a perder minha autonomia como ser humano devido ao uso abusivo de substâncias psicoativas”, relembra.

Ingressar na Cristolândia para ele foi um marco muito importante, pois não se limitou ao tratamento da dependência química. “Muito mais que a libertação dos vícios, eu entendi e permiti que Deus tratasse o meu caráter cristão e assim minha autoestima e esperança foram, naturalmente, recuperadas”, celebra Marcus.

Hoje, Marcus se alegra pela conclusão da faculdade, por seu relacionamento com Cristo restaurado e também por seu atual emprego, já na área de formação. Ele foi contratado como chefe de cozinha em uma das três melhores pousadas de pesca do Brasil, em Mato Grosso do Sul, onde realizou seu período de estágio.
O culto de gratidão nesta quinta-feira (25) será transmitido a partir das 14h no Facebook e YouTube de Missões Nacionais. Um testemunho que certamente é um incentivo na recuperação de outras pessoas que ainda vivem presas às drogas.


*com informações de Missões Nacionais