Deputados de SP rendem homenagem à Universal Deputados lotaram o plenário da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo na noite desta sexta-feira (26) para a cerimônia de homenagem os 42 anos da Igreja Universal, completados no último dia 9 de julho. No evento, foram ressaltados os relevantes serviços prestados pela instituição à sociedade paulista por meio de suas obras sociais.

Também compareceram ao evento o vice-presidente da Câmara dos Deputados, o deputado federal Marcos Pereira e o Prefeito de São Paulo, Bruno Covas.

"Quando fazemos isto é o Estado de São Paulo, o povo deste Estado representado por nós deputados, homenageando a Igreja Universal", afirmou Santos, que presidiu a sessão solene e entregou, ao lado do deputado federal Marcos Pereira, uma placa comemorativa ao bispo Eduardo Bravo, representante da Universal.

"Os trabalhos sociais são muito importantes e eles chegam onde o poder público ainda não chegou, ou chega ajudando o poder público. São mais de 30 trabalhos sociais que ajudam as pessoas. Mas o trabalho mais importante não são os trabalhos sociais, o mais importante é que temos levado uma mensagem de fé", afirmou Bravo.

O vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcos Pereira, também ressaltou a importância da homenagem e do trabalho da instituição para a sociedade.

A cerimônia, que durou cerca de 2 horas, além das homenagens de outros deputados estaduais presentes, também contou com apresentações do coral da Igreja Universal, uma homenagem do bispo Eduardo Bravo para grupos de voluntários da instituição e um discurso emocionado da deputada estadual Edna Macedo, irmã do líder da Igreja Universal, o bispo Edir Macedo.

"Eu gostaria muito que meu irmão pudesse estar aqui presente. Quero dizer a todos que participam, que ele sozinho foi impulsionado pela fé, mas que todos fazem parte desta história: os obreiros, os pastores, os bispos. Ninguém faz nada sozinho, por isso agradeço do fundo do meu coração a todos que participam de todos os grupos da Igreja Universal do Reino de Deus. Todos vocês são importantes para nós", afirmou Edna.

Além de São Paulo, outros estados também renderam homenagens semelhantes à Universal, como as Assembleias Legislativas do Amazonas, de Minas Gerais e do Pará.

A Universal foi fundada em 9 de julho de 1977 pelo Bispo Edir Macedo, no coreto da Praça Jardim do Méier, localizado no subúrbio do Rio de Janeiro. Hoje, com sede no Templo de Salomão, em São Paulo, a Universal conta com quase 10 milhões de fiéis e simpatizantes em 127 países dos cinco continentes.