Publicidade

Deputado pede prisão de jornalista Greenwald Um pedido de prisão do jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil, responsável por divulgar supostas conversas do ministro Sergio Moro e procuradores da Lava Jato, foi feito nesta sexta-feira (26) à Procuradoria-Geral da República (PGR). O autor do pedido é o deputado federal Filipe Barros, do PSL-PR.

De acordo com o site O Antagonista, o documento diz que pode “haver fortes indícios de que o financiamento e a transmissão dos dados obtidos criminosamente implicam Greenwald como coautor dos crimes cibernéticos”.

Walter Delgatti Neto, um dos quatro presos por suspeita de hackear celulares de autoridades brasileiras, já havia confirmado à Polícia Federal que entregou dados do Telegram dessas pessoas ao jornalista ao jornalista do Intercept.