Música cristã internacional perde um de seus pioneiros
 Uma publicação na página do Facebook pioneiro artista da música cristã Carman Licciardello, na noite de terça-feira (16), diz que ele faleceu em um hospital de Las Vegas, Nevada, EUA, após lutar contra uma série de complicações resultantes de uma cirurgia para reparar uma hérnia de hiato. 

Carman, membro do Hall da Fama do GMA Gospel Music, completou 65 anos enquanto estava no hospital, em 19 de janeiro.

Em janeiro, ele foi submetido a uma cirurgia de hérnia que resultou em uma crise repentina com risco de morte, incluindo hemorragia interna, falência de órgãos e, em seguida, pneumonia.

Carman foi diagnosticado com câncer de mieloma múltiplo incurável em 2013. Ele passou por vários anos de recuperação. No ano passado ele comunicou que o câncer havia voltado, mas que iria continuar lutando contra ele. O cantor planejava continuar em turnê.

Na semana passada, a equipe de Carman relatou em sua página do Facebook: "Devido à sua longa luta contra o câncer e ao efeito que isso tem no corpo, sua recuperação foi mais lenta do que gostaria. Ele agradece todo o cuidado e orações que vocês enviaram."

Ao anunciar a morte de Carman em 16 de fevereiro, seu empresário Matt Felts disse: "Este mundo perdeu uma luz na escuridão, mas hoje Carman viu em primeira mão o fruto de seu trabalho".

Carman não era apenas um músico cristão icônico, ele também era um evangelista inspirado que levou incontáveis ​​dezenas de milhares de almas a Cristo ao longo de seu ministério de décadas.
   


Recordista da música cristã
Carman recebeu dezenas de honras e prêmios importantes ao  longo das décadas antes de ser introduzido no Gospel Music Hall of Fame em 2018. 

Ele supostamente detém o recorde mundial de ter a maior audiência para um único artista cristão. Ele estabeleceu o recorde para o maior concerto no Texas Stadium com mais de 71.000 fãs e levou mais de 80.000 fãs em adoração em Chattanooga, Tennessee.

Siga-nos