Sem feriadão de Carnaval, apenas 10,6% da população do Rio deve viajar Por conta do cancelamento do feriadão de Carnaval, que tradicionalmente ocorre entre sábado e a quarta-feira, boa parte da população do estado do Rio de Janeiro não deve viajar. É o que mostra estudo realizado pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ): apenas 10,6% dos entrevistados pretendem viajar no período. Além disso, a pesquisa mostra que 39,1% dos fluminenses ficarão em casa, 21,9% vão trabalhar, 11,1% ainda não decidiram o que irão fazer nestas datas e 10,6% pretendem realizar alguma atividade de lazer. Apenas 4,8% usarão o tempo livre para estudar e 1,9% fará outros tipos de atividade.

Entre a pequena parcela (10,6%) que irá optar por viajar, 78,9% vão realizar viagens dentro do estado e 21,1% para outras regiões. Em relação aos destinos escolhidos dentro do Rio de Janeiro, as cidades de Armação de Búzios e Saquarema aparecem, cada uma, com 13,6% da preferência do público viajante, seguidas por Arraial do Cabo e Cabo Frio, ambas com 11,4%.

Perguntados sobre a preferência por estabelecimentos que seguem as regras sanitárias obrigatórias, 68,6% afirmam que optaram por lugares que respeitam as normas vigentes e 31,4% responderam que a escolha não foi feita exclusivamente por esse parâmetro.

Os viajantes responderam que pretendem ficar, em média, seis (6) dias, além de irem com média de cinco (5) acompanhantes. O gasto médio deve ficar em torno de R$1.822,00.

A sondagem ocorreu entre os dias 5 e 7 de fevereiro e contou com a participação de 539 consumidores do estado do Rio de Janeiro, com o objetivo de entender os hábitos dos fluminenses no Carnaval de 2021.


*Fecomércio