Instituto Butantan recebe insumos para produção de mais 8 milhões de doses da CoronaVac

Chegou na manhã desta quarta-feira (10) a São Paulo um novo lote de insumos para a produção da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 envasada pelo Instituto Butantan. A carga veio de Pequim, na China, e vai permitir a entrega de mais 8,7 milhões de doses do imunizante.

Essa é a segunda remessa do IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) recebido pelo Butantan. Com a chegada, o Butantan já tem os insumos para a produção de 27 milhões de doses da CoronaVac, que devem ser entregues, periodicamente, até o final de março. De acordo com o diretor do Butantan, Dimas Covas, a produção deve estar completa até o fim de setembro:

“Agora não paramos mais até completar as 46 milhões de doses, o que deve acontecer até abril. E, mais para frente, vamos receber os lotes para completar os 54 milhões. Ou seja, esperamos que até o fim de agosto, começo de setembro, os 100 milhões dessas vacinas já tenham sido entregues ao Brasil e isso vai permitir a vacinação de 50 milhões de pessoas, não só os idosos acima de 60 anos, mas também as outras categorias poderão ser incluídas.” – comemorou Covas.

Rio distribui mais doses

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro deu início nesta terça-feira (09) à distribuição da nova remessa da vacina CoronaVac contra a Covid-19 para os 92 municípios do estado. Ao todo, as cidades vão receber nesse momento mais de 130 mil novas doses do imunizante.