Igreja realiza trabalho de acessibilidade através do YouTube

A Igreja Cristã Maranata (ICM) do Brasil realiza um Trabalho de Acessibilidade para levar a Palavra de Deus também a pessoas com deficiência. Neste período de pandemia da Covid-19, o projeto passou a contar com vídeos sobre o tema no canal da instituição no YouTube.

O pastor Marco Antônio Medina, coordenador da Comissão de Acessibilidade da ICM, disse ao jornal Folha Vitória que todo esse trabalho começou ainda em 2004, com a presença de membros surdos na igreja. Com o passar dos anos, outras demandas de acessibilidade foram surgindo, o que culminou com a inclusão de crianças com Síndrome de Down, Deficiência Intelectual e Transtorno do Espectro Autista. Hoje essas pessoas já conseguem assistir aos cultos e aos ensinamentos da Escola Bíblica Dominical.

A ICM já tem disponibilizado ensino com intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras) e material adaptado em braile em dois níveis de complexidade linguística. Além disso, o projeto abrange outras acessibilidades que estão sendo desenvolvidas a fim de dar assistência a idosos, pessoas com altas habilidades e superdotação, Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), deficiência física, entre outras.

Hoje, graças às transmissões de cultos on-line, podemos ver que organizações cristãs do Brasil e do mundo têm investido na inclusão de pessoas deficientes. No entanto, essa inclusão ainda é limitada aos surdos. O exemplo da Igreja Cristã Maranata é um grande passo para que outras instituições cristãs também possam alcançar pessoas como outros tipos de deficiências, sejam elas físicas, mentais ou intelectuais.